O sideral Ed Cyber

Da imaginação do artista Edson Matos nasce o sideral Ed Cyber. O momento mais aguardado é o da revelação. As perguntas eram muitas. A curiosidade geral e finalmente chegou ao fim o mistério. Agora todos saberão que o personagem ciber2Cyber tem um criador: Edson Matos. Ele é feirense, jovem e está sempre antenado à cultura GLS. Artista plástico e sem dúvida alguma uma explosão de talentos. Premiado em concursos de fantasias e notável estilista, Edson é candidato único à brilhar na moda sertaneja. Torcemos por ele e com as bênçãos do Ed Cyber a nossa entrevista prossegue…venha

Criatura e criador se confundem?  Como surgiu o Ed Cyber?  

O Ed Cyber é um personagem do artista Edson Matos. Ela uma drag andrógina de estilo próprio, que a partir do ano 2000, tenho considerado como a minha segunda identidade.

eddycyberA arte do Edson Matos é múltipla? Compensa criar?  

Não trabalho só como Ed Cyber, infelizmente os cachês pagos, não dá nem para pagar as produções que uso, ou seja, comprar o material, porque a confecção é toda feita por mim mesmo. Sou também artista plástico, maquiador, estilista, modelista, decorador, produtor de moda, promouter e um pouco de tudo que é ligado a arte. Mas a minha paixão é o Ed Cyber.

É nos olhos de quem vê que a beleza está. O seu trabalho é efetivamente de impacto visual? As tribos urbanas lhe influenciam?  

Me preocupo muito com o visual. Procuro ser ímpar e inusitado. Gosto de usar materiais alternativos que nunca foram usados. Faço pesquisa. Testo materiais e a versatilidade de certos produtos. Quando estava idealizando Ed Cyber, pensei em criar algo que não tinha sido feito na cena GLS. Pensei na androgenia, apesar que já tinha outros em Londres, Nova Iorque e em São Paulo já existia o Victor Piercing. Mas pensei em fazer um Ed Cyber com lay-out próprio, misturar estilos. Toda criação tem uma inspiração, as minhas são: As Drag Queens convencionais como essência, passando como pelos punks, clubbers, alienígenas dos filmes de ficção científica, a estética dos metaleiros, a síntese da moda não usável explícitas nas passarelas por estilistas como: Alexander Mcqueen, John Galliano, Jean Paul Goultier entre outros.

victor_piercing_O caráter performático do Ed Cyber é confundível com transformismo?  

Performático sim,transformista não. Por não me vestir exatamente como uma mulher. A performance é uma forma de mostrar vários dotes artisticos, como os de: maquiador, estilista, animador, humorista, dublador entre outros.

Existem símbolos e ícones para Edson Matos?

Exitem muitos em vários segmentos. Mas não sou muito de endeusar nenhum artista ou personalidade. Não de tietagem ou de fanatismo. O meu maior ídolo é a minha mãe, um exemplo de mulher,caráter, dignidade, talento, amiga enfim a razão da minha vida. Em se tratando de arte e cultura vou citar Maria Bethânia uma artista de personalidade. Constaza Pascolato uma mulher fina e inteligente e Carmem Miranda um ícone considerável.

Entre os artistas da noite, quais os seus favoritos?

Adimiro todos que batalham, pois é muito dificil e desgastante trabalhar na noite vou citar alguns que se destacam: Rú Paul, a pioneira; Nani People, muito inteligente; Dimmy Kieer, revolucionário; Bagageryer, nasceu para o microfone e a minha madrinha Dion, absoluta.

ciber7Como estilista e artista de criações maravilhosas as suas fantasias já foram premiadas?

Sou Tri-Campeão na categoria originalidade. 2001. Fui campeão produzindo e desfilando com a fantasia Cyber Cicler toda confeccionada com peças de bicicleta. Dai em diante fiquei na produção das minhas criações. Dei espaço aos artistas de Feira de Santana de onde sou natural e resido. No carnaval de 2003 Návia Hinmann desfilou, Volta às Aulas, uma aula com Carmem Miranda confeccionada com material escolar . Em 2004, num desfile concorridíssimo na Praça Municipal em Salvador a campeã foi a fantasia A Rainha Drag Pelúcia e seus bichinhos de estimação toda feita com bichos de pelúcia e tendo Duda Weshlley como desfilante.

O Edson Matos terá uma griffe, a sua moda será o urbe stile?

Isso, uma grife que já estou colocando em prática, ela se chama ANDROX está palavra criada por mim vem de androgenia, andróide, alienígena, ou seja, inspirada em Ed Cyber. Tem até a mesma logomarca, mas não é roupas de drag.

marccelus_ed009

Trata-se de um estilo street wear fashion usável. Pretendo fazer faculdade de moda em São Paulo, breve estarei lançando a ANDROX no mercado mundo mix também em sampa, lançar meu segundo CD, um DVD e continuar como Ed Cyber por muito tempo.


Quem quiser entrar em contato com Ed Cyber para contratação ou encomendas, o que deve fazer?  

“Não gosto de estrelismo procuro ser comunicativo, carismático e fazer sempre amigos. O abuso deixo por conta do visual e do talento. Pagou meu cachê, faço meu show até em cima de uma caixa de cerveja, qualquer lugar, qulaquer público gay ou hetéro só exijo respeito ao profissional e ao artista”.

Liguem-me ou mandem e-mail meu contato é: edcyberandrogina@yahoo.com.br edandrox@hotmail.com tel: (75) 8101-6200

Ficha Técnica

Fotos: Caio Pacheco

Modelo: Hugo Mello

Figurino,Maquiagem,Produção Visual: Ed Cyber

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>